Islamismo e Seitas

Posted by CJovem CJovem
Options
ISLAMISMO
A palavra Islão quer dizer, em árabe, submissão à vontade de Deus. Um muçulmano é aquele que se submete à vontade de Deus e se esforça por viver segundo essa vontade.

O que faz com que o Islamismo se propague tanto pelo mundo? Creio que a melhor resposta prende-se sobretudo pela simplicidade da adesão, pois os deveres de um muçulmano são cinco e simples:

1. Acreditar em Alá e em Maomé - o seu profeta
2. Rezar cinco vezes durante o dia
3. Jejuar
4. Dar esmola
5. Ir, pelo menos uma vez, a Meca

O Islamismo não rejeita o valor da Bíblia, só que ela deve ser interpretada segundo Maomé.

Quem é Maomé?
Maomé foi um árabe que nasceu em Meca (570 d.C) viveu com um tio que era o responsável da Caaba, edifício que continha a “pedra preta” e que os árabes pensavam ter sido enviada por Deus. Foi ali onde Maomé começou a descobrir a idolatria e a sentir aberração por esta. Quando tinha 40 anos teve a aparição do Anjo Gabriel que lhe ordenou que recitasse o que estava escrito no livro que lhe entregou. Assim começou o Corão (recitação) considerado pelos muçulmanos como palavra de Deus. As dificuldades que encontrou em Meca obrigaram Maomé a fugir para Medina e a partir desse momento tomou a decisão de difundir a sua religião através da guerra santa (Gihad). Maomé estava convencido de que, tal como Moisés tinha dado a Lei aos hebreus, Jesus o Evangelho aos cristãos, também ele tinha sido enviado a levar o Corão aos árabes.
O Deus do Corão, em contraste com as divindades hindus, é uma pessoa, não uma força impessoal. Nisto coincide com o Cristianismo, mas a diferença está na negação da Trindade, da encarnação e da ressurreição de Jesus. Portanto, Cristo não é Deus, nem se pode dizer que Deus tenha um Filho.

SEITA
Designa um grupo de pessoas (um movimento) que professam uma nova ideologia divergente daquela da(s) religião(ões) que são consideradas dominantes e/ou oficiais, geralmente dirigidos por um líder com características de personalidade consideradas carismáticas, mas ainda com fraco ou pouco reconhecimento geral por parte da sociedade.


Para debater...
• Conheces alguma seita?
• Segundo a tua experiência e conhecimento, qual é o elemento que as religiões têm em comum?

2 Comments

classic Classic list List threaded Threaded
Consolata EDITORA Consolata EDITORA
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

Re: Islamismo e Seitas

O padre José Tolentino Mendonça prefaciou a tradução portuguesa do livro “Christophe Lebreton - Monge mártir e mestre espiritual para os nossos dias”, do arcebispo emérito de Argel, Henri Teissier, que foi apresentada no dia 13 de setembro, em Lisboa.

Henri Teissier, arcebispo emérito de Argel, é de origem francesa, mas é cidadão argelino desde há 46 anos. Chegado à Argélia aos 16 anos, com toda a sua família, depois dos estudos no seminário, estudou dois anos na Universidade do Cairo, no Egito, onde aperfeiçoou os seus conhecimentos do mundo árabe e islâmico. Um livro a não perder em http://www.consolataeditora.pt/index.php/catalogo/3-l1
Célia Célia
Reply | Threaded
Open this post in threaded view
|

Re: Islamismo e Seitas

In reply to this post by CJovem
Penso que existem muitas seitas...e afinal, o que não foi o Cristianismo senão uma seita do Judaísmo?
Quanto ao que as religiões têm em comum é aceitar o conceito de transcendência e acreditar que a nossa vida não se extingue completamente na morte. Basicamente, se deixassemos de morrer , todas as religiões caíam um bocado por terra....